55 (11) 3065-6464 madia@madiamundomarketing.com.br

Perplexidade!

28
fev

edicao-948

 

 

Algumas empresas, e seus dirigentes, deveriam permanecer com suas bocas fechadas a maior parte do tempo. E só abrirem e dizerem o que quer que seja, quando o assunto esteja mais que decidido e amadurecido internamente. Que seja, de verdade, o que a empresa pretende fazer a partir daquele momento, e, em direção ao futuro.

A Via Varejo (Casas Bahia + Ponto Frio), e que tem no Grupo Casino seu maior acionista e controlador com 62,56% de suas ações ordinárias, está à venda.  Está? A essas alturas ninguém mais sabe se sim ou se não. Ao menos era o que anunciava até meses atrás.

E como sempre acontece, e é de seu dever enquanto empresa, convocou a imprensa para falar sobre seus resultados.

Ou o Casino está fingindo que não vê, ou procurando impressionar possíveis compradores, ou não sabe mesmo, o que me parece a pior situação, sobre o que seus profissionais andam fazendo e dizendo.

O fato é que a apresentação dos resultados foi uma festa. Não pelos números que continuam no vermelho, os números específicos da Via Varejo.

Mas no geral, e no que foi apresentado, o do Grupo Pão de Açúcar foram positivos muito especialmente pelo desempenho das bandeiras Extra, Assaí e Pão de Açúcar, o autosserviço, mas, especificamente o varejo duro, Via(Casas Bahia e Ponto Frio), continua num vermelho de dar desgosto.

E o que causou perplexidade.

O braço que está ostensiva e declaradamente à venda, a Via Varejo, anunciando planos como se fosse conquistar o mundo. E, de certa forma reposicionando-se tendo como benchmark, como referência, adivinhe quem… A Fast Shop!!!

Ninguém está entendendo absolutamente nada!

Confira, conforme relata Adriana Mattos, no Valor Econômico:

“A Via Varejo (Casas Bahia e Ponto Frio), vai expandir sua atuação no país com a criação de dois novos formatos, e um novo e terceiro modelo recém-lançado para as classes médias e alta – tipo FAST SHOP – vai dobrar de tamanho!…

A partir de 2018, começa a testar um novo modelo de loja de 300 a 500 metros quadrados, batizado de Smart (ignoraram que essa marca pertence ao Martins), e que vai operar tanto como Bahia como Ponto Frio.

Inicialmente serão testadas 8 lojas em Shopping Centers, e para vender celulares, notebooks e tablets – refrigeradores e televisores só por catálogo… E ainda e na sequência começam as lojas virtuais e físicas – à semelhança do Luiza na pré-história do comércio eletrônico.

“Lojas com até 100 metros quadrados e sem produtos, só com tablets e computadores, através dos quais as pessoas realizam as compras…”.

Diante do desvario, e se a Via Varejo não for vendida o mais rápido possível, nessa loucura e desvario não sobrará pedra sobre pedra!

FRANCISCO MADIA, especial para o MMM.

servicos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *