55 (11) 3065-6464 madia@madiamundomarketing.com.br

O efeito vácuo no valor das marcas

14
fev

tarja-land-496

 

 

Por razões diferentes – uma grande obra, uma tragédia – dois clubes de futebol destacaram-se no estudo realizado pela consultoria Bdo sobre o valor das marcas.

O cálculo realizado tem um viés quase que exclusivamente financeiro, reflexo da pegada e do dna da consultoria. Assim, e sob esse ângulo de análise, uma medida consistente.

Flamengo e Corinthians continuam sendo as marcas mais valorizadas. Mas outras duas Marcas que vêm crescendo muito nos últimos anos, e que se inserem dentro do que se chama de Efeito Vácuo.

O Vácuo de corrente de simpatia e solidariedade diante de um brutal acidente que vitimou a Chapecoense, mas que agora se traduz em números e de forma extremamente positiva.

De um valor R$ 10,1 milhões de 2013, — antes do acidente, a um valor neste ano de 2017, de R$ 65,2 milhões.

Claro que esse valor não se sustenta no correr dos anos, mas a perda do efeito vácuo acontecerá de forma lenta e gradual. Suavemente.

E outro mega beneficiado pelo efeito vácuo é o Palmeiras que não para de crescer de valor desde a inauguração de sua Arena.

Da 11ª colocação em patrocínios, por exemplo, em 2011, hoje ocupa uma liderança tranquila, tem o maior canal no Youtube, e é líder em bilheteria.

Hoje ocupa a 3ª posição, com um valor de 1,123 bi, logo atrás do Corinthians com 1,593 bi, e do Flamengo, primeiro colocado, com 1,693 bi.

Os dois acidentes de percurso. Uma mega tragédia, a da Chapecoense, e uma mega conquista, a arena do Palmeiras foram capazes de uma dramática arremetida no tocante a percepção e reconhecimento.

Mas, e para que esse novo patamar se consolide e eventualmente até cresça um pouco mais, se fazem necessárias outras componentes.

E dentre todas, e de longe, conquistas nos gramados; vitórias, títulos, campeonatos, taças.

Nem desgraças e compaixão e solidariedade, nem estádios maravilhosos, são capazes de aquietar torcedores famintos por títulos e comemorações indefinidamente.

FRANCISCO MADIA, especial para o MMM

servicos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *