55 (11) 3065-6464 madia@madiamundomarketing.com.br

DACs – Doenças Autoimunes Corporativas

11
out

tarja

 

 

Vez por outra ouvia comentar sobre doenças autoimunes. Até que… Fabio Madia, o Fabião, meu filho que divide comigo o comando do MadiaMundoMarketing, a partir de meados de junho revelou uma mudança gradativa em seu comportamento, falando pouco, com dificuldades crescentes de caminhar, e outro sintomas mais.

Após alguns exames, há dois meses, e diante dos resultados do de sangue, sua médica se assustou; o exame repetido e resultado confirmado. “procure urgente um nefrologista”, disse. De certa forma, o Fabio definhava. Energia vital exaurindo-se. E o diagnóstico, uma DA – Doença Autoimune.

Aquelas doenças em que os mecanismos que nosso corpo naturalmente possuem para nos proteger e defender, por alguma razão “enlouquecem” e passam a trabalhar contra. Como se você contratasse uma empresa de segurança para cuidar de sua família e dentre os profissionais dois ou três resolvessem roubar seu patrimônio e atentar contra sua vida.

Repetindo o que agora e finalmente aprendi: são aquelas doenças em que os amigos, soldados e anjos da guarda de nosso organismo piram e migram para os adversários. Convertem-se em bandidos. No total, e até hoje, e diagnosticadas, 118 doenças autoimunes.

E quanto mais mergulhava no assunto, mais passava pela minha cabeça tudo o que tenho testemunhado em 37 anos como consultor de empresas. E rapidamente conclui que o 3º mais grave problema das grandes e megas empresas, são as tais Doenças Autoimunes Corporativas.

Formatos organizacionais, processos, equipamentos e soluções tecnológicas, e principalmente profissionais que foram incorporados à empresa, para as necessárias correções e aperfeiçoamentos, tendo em vista recuperar a sustentabilidade e retomar o sucesso econômico, e acabaram produzindo o efeito contrário.

Depois de mais de 500 empresas clientes e mais de 1.200 trabalhos é possível hierarquizar, hoje, e agora e após o perrengue do Fabio, os três principais problemas ou Síndromes que acometem a maioria das empresas.

1º Lugar – Comunicação – Branding. 2º Lugar – Inexistência ou Imprecisão de Posicionamento – Marketing. E sobre essas duas primeiras síndromes comento em outra oportunidade. E, 3º Lugar – e agora finalmente diagnosticado, as DACs – Doenças Autoimunes Corporativas. Divididas em dois grupos.

As decorrentes de decisões equivocadas e erros na definição e compra de suprimentos – materiais, móveis, ferramentas analógicas e tecnológicas, recursos financeiro, outros. E as decorrentes de decisões equivocadas na contratação dos profissionais na organização e na liderança do capital humano.

As do primeiro grupo, definição e compras de suprimento, são graves, mas sempre é possível consertar-se e redimir-se a tempo. São as DACAs – Doenças Autoimunes Corporativas Agudas.

Já as do segundo grupo, erros nas contratações, seguidos de erros na organização e escalação do capital humano, agravados por lideranças débeis, por incompetência ou personalidade inadequada, e em muitos casos falta de caráter, são extremamente graves, porque têm o poder de contaminar por completo a totalidade da organização, e desembocar inexoravelmente na derrocada do POSICIONAMENTO.  E impossibilitando, por completo, ativar um BRANDING com um mínimo de qualidade.

São o que poderíamos chamar de DACCs – Doenças Autoimunes Corporativas Crônicas.

Assim, e até mesmo doenças produzem insights. E foi o que aconteceu comigo, pai e consultor, e que agora compartilho com você. O Fabio está se recuperando e, até o final do ano, 100% em forma.

Será que não é exatamente essa síndrome que está minando perigosamente a vitalidade de sua empresa?

FRANCISCO MADIA, especial para o MMM.

servicos

Receba a news do Landmarketing

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *